domingo, 7 de julho de 2019

Remédios caseiros para a asma - Como tratar a base do inalador

A forma mais comum de tratamento da asma é a medicação tomada através de um inalador, também chamado de bomba ou um puffer. Os inaladores contêm doses medidas de medicação que toma nas vias respiratórias quando inspira.

Os inaladores mais comuns são os inaladores de prevenção, que tentam impedir a ocorrência de sintomas de asma, que aliviam os sintomas de asma quando ocorrem.

Diferentes inaladores funcionam de maneiras diferentes. É vital que tenhas um inalador que possas usar correctamente. É importante que o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico:


  • te ensine a usar correctamente o inalador quando o usamos pela primeira vez.
  • verifique se o usas como deve ser em todas as asma.
  • Se você não usar o inalador corretamente, a medicação não vai entrar nas vias respiratórias e você não terá todo o benefício disso.


Como usar o inalador para tratar a asma 


O mais importante no tratamento da asma é controlar a inflamação nas vias respiratórias.

Os inaladores de prevenção aos sintomas contêm normalmente medicação denominada esteróides inalados. São semelhantes às substâncias que os nossos corpos produzem naturalmente. Inalar esteróides extra todos os dias ajuda a controlar a inflamação e reduz os sintomas.

A dose de esteróide administrada por um inalador é geralmente muito baixa e improvável que provoque quaisquer efeitos secundários. Ocasionalmente, o esteróide pode tornar a boca seca ou dorida. Você pode reduzir a chance de isso, lavando a boca com água após a utilização do inalador, ou usando um espaçador. Um espaçador é um grande recipiente vazio feito de plástico.

Inaladores de substituição


Só precisa de tomar o seu inalador reliever quando os sintomas começarem. Deve tomá-lo o mais cedo possível quando tiver sintomas como respiração ofegante, falta de ar ou peito apertado.

Os inaladores de substituição contêm medicação chamada agonistas beta de curta duração, ou SABAs, que relaxam os músculos em torno das vias aéreas apertadas, para que as vias aéreas possam abrir mais. Isto facilita a respiração e reduz os sintomas. O SABA mais comum é o salbutamol, muitas vezes conhecido como Ventolin.

Os inaladoresfuncionam muito rapidamente-muitas vezes em segundos – e normalmente será capaz de sentir o benefício imediatamente.

Outros tratamentos para a asma
Se a sua asma não estiver controlada, o seu profissional de saúde pode sugerir outros tratamentos com preventer para reduzir a inflamação. Incluem um comprimido como o montelucaste ou uma injecção administrada no hospital.

Também pode ajudar a evitar gatilhos como fumo, peles de animais e pó. O seu profissional de saúde pode encaminhá-lo para um imunologista especialista para tratar as suas alergias.  Um fisioterapeuta pode dar conselhos sobre exercícios respiratórios.


Remédio caseiro para a sarna


A sarna canina é uma doença adquirida através do contato de ácaros com os pelos do cachorro. Embora se saiba que todo cachorro, tem contato com ácaros, alguns mais sensíveis, podem desenvolver reação a esse parasita, principalmente queda na imunidade do cão, levando a sarna. Após isso, o contato da sarna com outros cães pode ser muito rápido, sendo recomendado o afastamento do mesmo para tratamento.

Ao todo são 3 tipos de sarna:



  • ·       Escabiose ou sarcóptica
  • ·       Sarna otodécica
  • ·       Sarna dermodécica ou sarna negra

Escabiose ou sarcóptica


Atinge, as orelhas, barriga e peito.

Sintomas:

  • Vermelhidão
  • Coceira
  • Aparecem outros tipos de bactérias
  • O cão perde o apetite


É sempre bom verificar como esta a saúde do seu cachorro, pois, existe casos em que a sarna pode demorar ate dois meses para apresentar os sintomas.

Sarna otodécica


Atinge as orelhas e os ouvidos, devido a má higienização, acumula se cera, que por sua vez, conduz as bactérias para dentro do ouvido.

Sintomas:

  • Coceira intensa na região da orelha e ouvido.
  • Pode causar muitos ferimentos devido a coceira.


Sarna dermodécica


Este tipo de sarna pode ser considerado um dos piores. Uma vez que aparece rapidamente em forma de manchas, espalhadas ou tome conta do corpo todo.

Sintomas:

  • Feridas mais grossas nos cotovelos
  • Inchaço
  • Muita perca de pelo
  • Manchas escuras
  • Pelos muito oleosos

Muitas pessoas pensam que os seus cachorros só terão sarna se saírem para rua ou tiverem contato através da grade do portão com cachorros que possuem a doença. Porém, os ácaros que causam a sarna nos cachorros também podem ser passados hereditariamente ou estarem nos objetos dos animais, como cobertas, camas e brinquedos.

Todo cachorro pode ter sarna, ou seja, é muito importante que todo dono saiba das informações citadas nesse artigo para cuidar do seu cachorro assim que a doença começar. Quanto antes for diagnosticada, mais rápido será o tratamento e mais rápido o seu cachorro ficará saudável novamente.